fbpx
atrair clientes

Descubra como atrair clientes para sua empresa

quarentenaPowered by Rock Convert

Entenda seu protagonismo e o da sua equipe na hora de aumentar as vendas e descubra como atrair clientes para seu negócio.

Quando falamos sobre atrair clientes, o primeiro questionamento a ser feito é “porque atrair mais clientes?”

Ou seja, qual o objetivo maior da minha empresa ao adquirir novos clientes?

A resposta aqui pode parecer um pouco óbvia, certo? Errado.

É exatamente esse motivo que vai direcionar toda sua estratégia de venda para atrair mais clientes.

É importante que você, dono do negócio,tenha em mente o resultado estratégico de cada ação tomada na sua empresa. Afinal de contas ela impacta diretamente na sobrevivência do seu sonho.

E saiba que esse olhar clínico e objetivo te ajudará em todas as questões do seu negócio, uma vez que permite maior foco nos resultados desejados.

Ficou interessado e quer aprender mais sobre o assunto? É só continuar a leitura desse texto para entender que atrair clientes é essencial para garantir a lucratividade do seu negócio.

Aprenda também o que é preciso fazer para que eles escolham a sua empresa em detrimento dos concorrentes.

 

5 dicas para atrair clientes para sua empresa

Dica 1: Defina o resultado estratégico desejado

O primeiro passo é a determinação do resultado estratégico desejado. O raciocínio a ser adotado é entender o real motivo que leva o seu negócio a querer novos clientes.
Entendendo esse motivo fica fácil estabelecer uma relação de causa e consequência com as ações a serem tomadas para atingir o objetivo e os resultados delas.

O primeiro questionamento é: porque atrair novos clientes? De acordo com nossos clientes, a resposta a essa pergunta costuma ser “para aumentar o faturamento”.

Aí que entra a grande sacada desse passo: qual é o faturamento desejado?
Sabendo esse número e o valor do ticket médio do seu produto ou serviço, é possível identificar quantos novos clientes o seu negócio precisa em um determinado período de tempo (mês, trimestre, ano…).

Para que você entenda melhor a importância desse passo imagine a situação na qual seu negócio consegue atrair cinco novos clientes por mês. Isso é bom?

Se você respondeu sim de cara, cuidado. É preciso analisar dois pontos para responder a pergunta.

O primeiro, é cinco novos clientes atinge o faturamento desejado?

O segundo, meu processo de aquisição de novos clientes consegue atrair mais que cinco clientes por mês?

Apenas com as respostas destas duas últimas perguntas é possível dizer se cinco clientes mês é uma situação favorável ou não. Concorda?

A primeira dica então é estabelecer o número de novos clientes necessário em um determinado período de tempo.

 

Dica 2: Conheça bem o seu produto ou serviço

Essa é uma dica clichê, porém necessária.

Quantos de nós, enquanto consumidores, chegamos em um estabelecimento a procura de um produto e o vendedor não soube explicar o funcionamento, uma das funções ou até mesmo como utilizar aquele produto? Ou não soubesse tangibilizar aquele serviço?

Situação super constrangedora que nos leva a DESISTIR da compra, não é mesmo?

Para evitar que isso ocorra no seu negócio a dica é simples: entenda o que você vende.

Quando digo entender é analisando o ponto de vista do consumidor e respondendo suas principais dúvidas: quais são os benefícios, desvantagens, quais são as vantagens em relação aos principais concorrentes e qual a experiência, ou valor agregado, daquele produto ou serviço.

Tendo claro esses pontos é hora de treinar a sua equipe neles. Aqui, acredito que o mais saudável seja o treinamento de todas as pessoas da empresa nos aspectos levantados. É muito importante que todos seus colaboradores saibam como seu produto ou serviço melhora a vida das pessoas.

ideiaPowered by Rock Convert

Ainda nesse contexto, é primordial o treinamento da equipe de vendas, que terá interação direta com o consumidor. Para essa equipe, além do conhecimento profundo do produto é necessário também uma capacitação técnica sobre vendas e relação com clientes.

Esse ponto é determinante no momento da compra, por exemplo.

Se você é um varejista e trabalha com um mix elevado de produtos, entendo que é muito complicado que os funcionários assimilem todas as características de todos eles.

Uma sugestão é dividir os produtos em determinadas categorias e especificar funcionários para atender apenas aquela categoria.

 

Dica 3: Estruture um processo básico para atrair clientes

Talvez essa seja a dica mais pontual desse texto. Todos os empresários ou envolvidos no processo de atrair clientes afirmam que tem um processo para isso. E eu concordo. A maioria das empresas realmente tem esse processo, a questão é entender como esse processo se dá e ajustá-lo.

É sobre ter uma estrutura de processo que permita que qualquer pessoa a execute.

Isso é bom porque tira essa parte operacional das mãos de quem deve cuidar da parte analítica e estratégica e também porque não permite que o processo atraia clientes e vendas ruins.

Não adianta atrair clientes que não se encaixam no perfil de consumidor que sua empresa precisa. Por exemplo, se você tem uma loja de sapatos e o preço médio deles é acima da média de mercado não adianta atrair um público que não esteja disposto a pagar aquele valor no seu produto.

Portanto, é melhor que entrem 10 pessoas por dia na loja que realmente estejam dispostas a desembolsar um valor maior no produto que entrarem 30 que não estão dispostas.

A dica então é entender as necessidades de de venda da sua empresa e qual o público atende essa necessidade.

A partir dai estruturar um processo documentando o passo a passo com ações e objetivos, para que seja possível controlar os resultados dele (quanto clientes são atraídos) e o que é preciso alterar quando a meta de clientes não é atingida.

Dica 4: Entenda o comportamento do seu consumidor: saiba onde seu público alvo está

 

Totalmente ligada a dica anterior, esta dica parte da premissa que a dica 3 já foi colocada em prática na sua empresa. A partir do ponto que você já conhece as necessidades da empresa é preciso entender as do seu público.

Entender o comportamento do consumidor é mapear:

Que tipo de mercadoria ele consome mais.

Que época do ano ele compra mais,

De quanto em quanto tempo ele adquire um produto da sua loja,

Quanto ele consome com cada produto, até mesmo quanto tempo ele costuma ficar na sua loja.

Esse é o primeiro passo.

Logo em seguida é interessante utilizar esses dados em favor da compra junta aos fornecedores e para o planejamento de estoque, caso os consumidores sigam alguma linearidade, como estilo e cor de produtos por exemplo.

É importante entender até mesmo se o seu cliente prefere pagar as compras à vista – no dinheiro ou cartão – ou se ele opta por comprar mais parcelado, para entender e equilibrar fluxo de caixa da sua empresa e não deixar que o ciclo financeiro aperte.

 

Dica 5: Adote estratégias de marketing

Não tem como fugir dessa dica: com a alta concorrência existente e o bombardeio de empresas buscando clientes – principalmente na internet – é preciso ser visto!

A dica que dou aqui é entender qual tipo de informação seu cliente mais busca e em qual veículo de comunicação:

Redes sociais (facebook, instagram, twitter, youtube, etc) ou se ele é mais conectado em televisão, rádio, podcasts, jornais, dentre outros.

Identificado esse veículo de comunicação é hora de utilizar o marketing de conteúdo a seu favor: publicações de blog com assuntos diretamente ligados a seu negócio são um forte atrativo. Por exemplo, se você tem um buffet publicações de receitas de salgados, tortas e bolos é de interesse dos seu público alvo.

Outro fator importante é a divulgação do produto. No caso do buffet, festas que já foram feitas, depoimento de clientes, e informações que criam um elo entre você e o cliente.

 

Dica bônus: o cliente é um bem precioso da sua empresa!

O cliente tem sempre razão é uma expressão muito usada no meio de vendas. Apesar da expressão sempre ser muito forte, é importante lembrar que não existe empresa sem cliente. Então, é preciso sim dar total atenção aos seus.
Caso sua empresa esteja inserida no varejo é importante garantir um atendimento adequado que satisfaça o cliente. Isso é possível com uma estrutura de atendimento padronizada e treinamento dos funcionários.
Outro fator considerável – principalmente para os varejistas – é quando o cliente não encontra o produto desejado na sua loja. Se isso acontece, dificilmente ele volta.

Essa falta de produto está totalmente ligada a gestão de estoque. É possível saber quais produtos são mais vendidos e em qual período do ano.

Enfim, essas são minhas dicas para atrair mais clientes para sua empresa. E atrair clientes que permitem vendas boas. Essas vendas boas contribuem diretamente para o aumento do faturamento do negócio. Que o objetivo de toda empresa.

 

Até mais!

Comentários
Powered by Rock Convert

Consultor de Gestão com mais de 10 anos de experiência em gestão em diversos setores da economia e em empresas de vários portes. Sócio fundador do Meu Gestor e trabalhando para resolver os problemas de gestão de pequenos empreendedores em todo o Brasil.

Um especialista do MeuGestor vai entrar em contato com você



Suas informações estão seguras.